Início » DESTINOS » BRASIL » RIO DE JANEIRO » O que fazer em Visconde de Mauá
Cachoeira do Escorrega

O que fazer em Visconde de Mauá

Compartilhe com seus amigos!

Visconde de Mauá é na realidade um conjunto de vilas, compostas pela vila de Mauá, Maringá (do lado do Rio de Janeiro) e Maromba. Além das vilas, existem diversos vales espalhados pela região, como o Vale das Cruzes, Vale do Alcantilado, Vale do Pavão e Vale da Grama.

Na realidade, são exatamente esses vales que atraem os turistas. Viajamos para Visconde de Mauá durante o feriado de fim de ano (que foi numa segunda). Portanto, ficamos lá por apenas três dias, e isso nos deu uma base da beleza da região, mas ainda há muito o que conhecer.

COMO CHEGAR

Localizada a cerca de 300 km de São Paulo e 200 km do Rio de Janeiro, a melhor forma de chegar até lá é de carro. Ainda que opte ir de ônibus, as atrações turísticas de maneira geral ficam distantes, e as vilas não estão tão próximas uma das outras, que dê para ir a pé.

ONDE FICAR

Conforme mencionamos, Visconde de Mauá é composto por um conjunto de vilas. O melhor lugar para se hospedar e onde ficamos, é a vila de Maringá, que se divide entre os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Não importa o lado decida ficar, pois dá para ir de um lado para o outro a pé, apenas atravessando uma pequena ponte.

No booking existem diversas opções de hospedagens para todos os gostos e bolsos. Mas NÃO recomendamos a Pousada Solar das Águas, onde ficamos. Tivemos problemas com pulgas e a administração não tratou bem o problema. Apesar de nos mudarem de chalé e de não cobrar uma diária, em momento algum se desculparam pelo ocorrido e insinuaram que estávamos mentindo (apesar das provas físicas nas costas e braços do Ighor). No chalé do outro casal que nos acompanhou nessa viagem, havia um morcego (felizmente morto).

O QUE FAZER EM VISCONDE DE MAUÁ

Cachoeira do Escorrega

Cartão postal da cidade, a Cachoeira do Escorrega fica a cerca de 2 km da Vila de Maromba. A cachoeira possui esse nome devido a presença de uma rocha lisa que permite aos banhistas escorregarem até a belíssima piscina natural.

Poção do Maromba

O Poção da Maromba, com suas águas calmas e limpas, é ideal para banhos e saltos. É claro que no caso de resolver saltar, é sempre bom ter o dobro de cuidado.

Poção da Maromba
Como coragem não é um dos meus fortes, não consegui pular e preferi apenas tomar banho calmamente.
Piscina Natural
Cachoeira Véu de Noiva
Vale do Alcantilado

O Vale do Alcantilado é um belíssimo sítio, que oferece visitação de 9 cachoeiras ao longo de uma trilha com cerca de 1,5 km. A principal delas, a Cachoeira do Alcantilado, possui 50 metros de queda.

Leia mais:

Confira tudo sobre o Vale do Alcantilado

Parque Nacional do Itatiaia

Para quem vai a Visconde de Mauá partindo de São Paulo e região, sugiro ir ao parque na ida ou na volta. Uma vez que ele está antes de Visconde (cerca de 1 hora de distância), você evita desperdício de tempo.

Leia mais:

Parque Nacional do Itatiaia

ONDE COMER

Existem diversas opções de restaurantes na região. Para almoçar, uma das melhores opções é o Restaurante da Leila. É um lugar delicioso para passar o dia relaxando. Fica no mesmo caminho que vai para o Vale do Alcantilado, mas recomendamos dedicar um dia inteiro para cada uma das atrações, para conseguir aproveitar com calma.

Outro lugar que gostaríamos de recomendar é o restaurante Esquina da Pizza, em Maringá-RJ. Sem exageros, foi lá que comemos a melhor pizza de nossas vidas. Pedimos pizza uma palmito e outra de alho poró. Eu nem gosto de palmito, mas simplesmente amei a pizza.

 

 

Fazer um blog de viagem era um sonho antigo, que finalmente consegui realizar. Adoro escrever, falar de viagem e ajudar as pessoas a encontrar a próxima rota incrível para chamar de sua. Sou filha de fotógrafos e herdei dos meus pais a paixão por fotografia. Mas mais do que tudo, adoro viajar, conhecer novos lugares, novas culturas. Para mim viajar é terapia, é aprendizado, é realização. Tem uma frase de Santo Agostinho que me define completamente, que diz que "o mundo é um livro, e aqueles que não viajam leem somente uma página".