Início » DESTINOS » BRASIL » SÃO PAULO » Guararema – Roteiro para um bate-volta
Guararema Luis Carlos

Guararema – Roteiro para um bate-volta

Compartilhe com seus amigos!

Guararema é uma pequena cidade do interior de São Paulo, distante apenas 80 km da capital paulista. Nos últimos anos, a prefeitura investiu bastante no turismo local e o resultado não poderia ser melhor. A cidade se transformou numa excelente rota de escape para um dia de relaxamento e lazer.

Pequena e encantadora, a cidade oferece diversos atrativos para passar o dia, sendo uma das melhores opções de bate-volta para quem está em São Paulo e região.

COMO CHEGAR

A maneira mais fácil de ir a Guararema é de carro, pela Rodovia Ayrton Senna.

Também é possível ir de ônibus. A viação Pássaro Marron faz a ligação entre São Paulo, saindo da rodoviária do tietê, e Guararema. Porém, salientamos que durante todo o dia não vimos nenhum táxi pela cidade e talvez você encontre alguma dificuldade para se locomover entre os atrativos. A boa notícia é que com um pouco de disposição para caminhada é possível ir a maioria dos pontos turísticos.

ROTEIRO PARA UM DIA EM GUARAREMA

Conforme já mencionamos, a Guararema recebeu muitos investimentos para promover o turismo local. Como consequência, temos uma cidade muito limpa e organizada, com ótima infra-estrutura para o turista. São diversas opções de parques, passeio de Maria Fumaça, muitas opções de restaurantes charmosos, além de um mirante e uma vila histórica que é puro charme.

Um detalhe interessante é que todos os passeios da cidade, exceto a Maria Fumaça, são gratuitos. Como bônus extra, a maioria oferece estacionamento grátis para o visitante.

No roteiro abaixo englobaremos todos os principais pontos turísticos da cidade.

Memorial Ilha Grande

Um dos principais atrativos da cidade para contemplação da fauna e flora locais, além de trilhas asfaltadas para caminhadas e diversos pontos para relaxamento. Cercado por altas árvores, é um daqueles lugares em que podemos passar o dia inteiro apenas relaxando.

Passeio de Maria Fumaça

Uma das coisas que mais adoramos fazer nas nossas viagens são passeios históricos de trem. Partindo da estação ferroviária de Guararema, com destino a Vila de Luis Carlos, a encantadora Maria Fumaça 353, nos leva em seus vagões de 1930 a uma verdadeira viagem no tempo.

Para compra de ingressos antecipados e mais informações de horário e preços, consulte o site oficial aqui.

Pontilhão

A antiga linha férrea de origem belga, é toda feita em aço e foi montada pelos ingleses. Como está bem próxima da Estação Ferroviária de Guararema, é possível fazer esse passeio enquanto espera pelo horário da Maria Fumaça sair.

Vila de Luis Carlos

A Vila de Luis Carlos fica a cerca de 8 km do centro de Guararema. É possível chegar até ela de carro ou pelo passeio de Maria Fumaça que falamos anteriormente. Ambas as estações oferecem estacionamentos gratuitos para o visitante.

A vila, que assim como toda a cidade é extremamente limpa e bem cuidada, possui um charme único. Se você optou pelo passeio de trem, terá 1 hora para passear pelas lojas e conhecer os atrativos do local. Por ser bem pequena, o tempo é suficiente até para tomar um lanche.

Parque da Pedra Montada

Mais uma opção de passeio que oferece boa interação com a natureza. Para chegar ao parque será necessário ir de carro, mas para nosso conforto, exite um estacionamento gratuito logo na entrada.

O parque foi construído para abrigar dois atrativos principais: a pedra montada e a pedra do tubarão. Ambas são acessadas através de uma trilha de nível fácil de 500 metros até a pedra montada e a partir desta, mais 300 metros até a pedra do tubarão. Uma parte do caminho é totalmente asfaltada, a outra parte é em chão batido.

Recanto do Américo

Também conhecido como Recanto do Pau D’Alho, devido a árvore bicentenária com mesmo nome, o Recanto do Américo é um dos principais parques da cidade, além de um dos seus cartões postais. São duas ilhas “navegáveis” através de diversas pontes sobre o Rio Paraíba do Sul, que oferecem vistas incríveis, além de diversos pontos de observação. Pelo menos é o que ouvimos falar.

Infelizmente quando fomos o parque estava fechado para manutenção, e não podemos explorá-lo por dentro. Mas mesmo assim a visita não foi perdida. Mesmo na parte externa do parque, existem mirantes para contemplação do Rio Paraíba do Sul.

O estacionamento gratuito fica na frente do parque, no outro lado da rua. E na entrada existe alguns quiosques onde é possível comer uma poção contemplando a vista.

Mirante

Localizado a uma altitude de 80 metros, oferece uma visão panorâmica da cidade. Também possui diversas fontes que funcionam em horários específicos, além de uma lanchonete e um restaurante.

O estacionamento fica próximo, porém é necessário fazer uma pequena (e levemente ingrime) caminhada. Também existe um estacionamento próximo ao restaurante do mirante, de modo que não precisaria caminhar. Mas as vagas são mais limitadas e disputadas. Recomendamos deixá-las para as pessoas que possuem alguma dificuldade de mobilidade.

Alerta: a maioria das fontes saem do chão. Quando chegamos não havíamos observado que ali haviam fontes pois estavam desligadas e passamos diversas vezes por cima delas. Às 16 horas elas ligaram automaticamente e começou a brotar água do chão para tudo que é lugar. Tomei um susto quando percebi e só fiquei me imaginado completamente encharcada.

Outros Pontos

Os lugares que citamos até agora foram os que consideramos mais interessantes na cidade. Mas além destes, sem nos prender muito tempo, passamos por outros lugares como a Igreja São Benedito, Praça Coronel Brasílio Fonseca, Casa da Memória e Travessia Dona Victória. Mas desde a entrada na cidade somos presenteados com o Memorial Origens de Guararema.

Para quem gosta de artesanato, é possível encontrar diversas opções no Centro Artesanal Dona Nenê. Aos domingos, na mesma praça onde fica o Dona Nenê, partem trenzinhos que circulam pela cidade.

ONDE COMER

A cidade oferece diversas opções para almoço ou um lanche. O restaurante mais famoso (e caro) da região é o Mirante do Paraíba. A especialidade deles são os peixes e os frutos do mar e como eu não como nenhum dos dois, nunca fomos conhecê-lo.

Optamos por almoçar no Roça & Poesia, um pequeno e charmoso restaurante que fica bem no centro da cidade. Por ser pequeno, vive lotado e algumas vezes formam-se filas de espera. Nós gostamos tanto desse restaurante, que voltamos para o lanche da tarde. Além de oferecer um preço justíssimo, possui um ambiente lindo e aconchegante, e um atendimento muito simpático. Já virou nosso ponto de parada obrigatório sempre que voltarmos.

Pedimos duas massas que estavam muito saborosas, mas o destaque mesmo vão para as sobremesas e para o café coado na hora.

Fazer um blog de viagem era um sonho antigo, que finalmente consegui realizar. Adoro escrever, falar de viagem e ajudar as pessoas a encontrar a próxima rota incrível para chamar de sua. Sou filha de fotógrafos e herdei dos meus pais a paixão por fotografia. Mas mais do que tudo, adoro viajar, conhecer novos lugares, novas culturas. Para mim viajar é terapia, é aprendizado, é realização. Tem uma frase de Santo Agostinho que me define completamente, que diz que "o mundo é um livro, e aqueles que não viajam leem somente uma página".