Início » DESTINOS » BRASIL » ESPÍRITO SANTO » Melhor do Espírito Santo: Guarapari
Guarapari

Melhor do Espírito Santo: Guarapari

Compartilhe com seus amigos.

Assim como muita gente, nunca havia pensado no Espírito Santo como um destino turístico. Nunca havia sequer ouvido falar em Guarapari. Até que minha prima, que tem familiares por lá, resolveu passar uns dias no estado. Quando ela me contou, fiz a mesma pergunta que muita gente hoje me faz. Tem alguma coisa para fazer no Espírito Santo? A resposta é sim, e muita!

Minha intenção hoje é além de responder essa pergunta, iniciar uma série de posts sobre o estado. Depois de ir lá pela primeira vez, considero uma injustiça o ES não ser famoso pelo turismo. Além de lindo e cheio de atrativos, é um destino super barato. Depois da primeira vez, viciei e decidi que será meu destino número 1 pelos próximos muitos feriados.

GUARAPARI

Guarapari está muito próxima da capital capixaba, são apenas 60 km de distancia. Por causa dessa proximidade, a cidade é a preferida de muitos moradores. Outra coisa que torna a cidade a queridinha do estado, é o fato de que ela sozinha possui mais de 50 praias. Isso mesmo, são mais de 50 praias. Quando decidi vir para cá, por ser feriado, fiquei com receio de que a cidade (e principalmente as praias), estivessem muito cheias.

Mas, talvez porque nem todo mundo conhece essa joia de estado, mesmo durante o feriado as praias estavam VAZIAS. Em momento algum tive dificuldade de estacionar o carro na rua (de frente para a praia). Para quem mora em São Paulo como eu, sabe o quanto isso é motivo de felicidade. Além disso, outras coisas me espantaram, num bom sentido. A alimentação por aqui é incrivelmente barata. E, pasmem, não tem flanelinhas te extorquindo dinheiro.

COMO CHEGAR

  • Avião

Para quem vem de São Paulo, essa é a maneira mais fácil de chegar. O aeroporto mais próximo é o de Vitória, a 63 km. Do aeroporto, é possível alugar um carro em uma das diversas locadoras, ou ir de ônibus. Se sua intenção for visitar várias praias, aconselho a primeira opção. Carro sempre dá mais liberdade e facilidade. Eu aluguei com antecedência pelo RentCars e isso me fez economizar além de tempo, dinheiro.

  • Carro

Do aeroporto, siga em direção a Vila Velha. Você pode optar por seguir pela Rodovia do Sul, ES-060 ou pela BR-101. Ambas as estradas são bem sinalizadas e cobram pedágios.

  • Ônibus

A viação Aeroporto Express faz o trajeto que leva do aeroporto de Vitória até Guarapari. Para quem sai de São Paulo, do Tietê é possível embarcar até Vitória e de lá, até Guarapari. Para comprar passagem de ônibus, indico a ClickBus, que tem parceria com diversas empresas. Sem dúvida a maneira mais fácil de encontrar a melhor passagem.

ONDE FICAR

Guarapari é uma cidade bem grande e decidir onde ficar vai depender do seu objetivo. Se pretende fazer um tour por diversas praias, percorrendo a cidade de ponta a ponta como eu fiz, o centro (região 2) é a melhor opção. Se pretende escolher um lugar para ficar sem se locomover muito, precisa escolher com mais cuidado. Para facilitar, dividirei as opções em 3 micro regiões, onde estão localizadas praias distintas, que falarei mais abaixo.

  • Região 1 – Praias: Setiba, Setiba Pina e Setibão.
  • Região 2 – Praias: Virtudes, Namorados, Castanheiras, Areia Preta, Praia Morro e Trilha do Morro da Pescaria.
  • Região 3 – Praias: Peracanga, Bacutia e Praia dos Padres.

Essas três regiões estão relativamente distantes uma das outras. Funcionam como micro polos independentes, com belezas e características distintas. Cada uma atende um público específico. O preço das acomodações variam de região. O booking possui inúmeras opções para todos os bolsos.

PRAIAS

Como já mencionamos, Guarapari possui mais de 50 praias espalhadas pela cidade. Tem praia para tudo que é gosto. Tem praia deserta, movimentada, pequena, grande, com ou sem quiosque. A única semelhança é o fato da água ser limpinha e gostosa. Eu fiquei apenas 2 dias na cidade e obviamente não deu tempo de conhecer todas as praias. Depois de muitas semanas de pesquisa, finalmente consegui fechar o cerco de quais praias conhecer. Para facilitar, apresentarei as praias obedecendo a sequência dos agrupamentos das regiões que fiz acima.

Setiba

Essa praia possui boa estrutura de quiosques. De maneira geral, é mais movimentada que as demais. Embora isso não signifique que seja realmente cheia.

Setiba Pina

Essa praia não estava no meu roteiro inicial. Descobri ela quando estava a caminho da Praia Setibão. Achei a entrada interessante e resolvi parar para conferir. A praia é mais deserta do que a de Setiba e sem ondas. É uma boa opção para quem quer tranquilidade.

Setibão

Uma das maiores e mais lindas praias de toda Guarapari. A imensidão de praia parece tão ter fim. Adorei dispender um tempo por aqui apenas admirando a beleza da mãe natureza. Infelizmente, não tive coragem de entrar no mar. Não sei se pelo fato de ser fim de tarde, mas as ondas estavam bem fortes. Não preciso dizer que a praia é deserta, né?

Praia das Virtudes

Aqui começa o circuito das praias do centro. Pare o carro em qualquer lugar e siga a pé entre uma praia e outra, pois são bem próximas. A Praia das Virtudes é bem pequena e com pouco movimento. A água é limpa e sem ondas. A areia possui um pouco de conchas, mas nada que atrapalhe.

Praia dos Namorados

Das praias do centro, essa é uma das mais gostosas. A praia é linda com a areia fina e firme (não machuca os pés). A água é calma e sem ondas. E para ajudar a vida do turista, possui um quiosque que pareceu bem decente.

Praia das Castanheiras

Essa é a praia de maior movimento das praias do centro. Achei a praia muito linda, mas para banho não gostei muito. Eu gosto de praia com areia limpa, sem concha, sem pedra, sem nada que possa me machucar. Sim, sou muito bundona. Apesar disso, pareceu ser a praia que as pessoas mais gostam.

Areia Preta

Aqui termina o circuito das praias do centro a serem percorridas a pé. Assim como a Praia dos Namorados essa praia é bem gostosa para banho. O início dela é um pouco mais cheio, considerando que vem seguindo a partir da Praia das Castanheiras. Mas, se continuar até o final, vai encontrar uma praia mais vazia e deliciosa para banho.

Praia do Morro

A Praia do Morro é a praia do centrão. Ela não me encantou para banho, mas é o point certo para vim a noite. O por do sol por aqui também é muito bonito.

Trilha do Morro da Pescaria

No fim da Praia do Morro encontra-se a trilha que leva ao Morro da Pescaria. Essa trilha, por sua vez, nos leva a um mirante e outras duas praias: Praia do Ermitão e Praia da Areia Vermelha. A trilha principal, que leva até a Praia do Ermitão, possui cerca de 1 km.

Funcionamento: das 8 às 17 horas.

Praia da Areia Vermelha

A primeira praia da Trilha do Morro da Pescaria, a praia é bem pequena e tranquila. A praia recebe esse nome devido a coloração avermelhada da areia.

Praia do Ermitão

Essa praia é acessada através de uma trilha de cerca de 1 km através do Morro da Pescaria. A praia em si é bonita, mas possui muitas conchas. Então não posso dizer que foi a minha preferida para banho. Apesar disso, o visual é muito bonito. O que eu mais gostei daqui foi explorar os caminhos entre as pedras. A paisagem é belíssima.

Peracanga

Essa praia mora no meu coração. Simples assim. Depois que entrei no mar eu não queria mais sair. Tive que ser arrastada para fora. Acho que deu para entender que gostei um pouquinho daqui né? Não fosse pelo compromisso com o blog, teria passado o resto do feriado por aqui.

Bacutia

Essa praia está bem próxima de Peracanga, separadas apenas por um morro. Ambas são bem parecidas e igualmente gostosas, embora essa tenha um pouco mais de pedras. O único ponto negativo é que não tem quiosque. Depois de algumas horas, começa ficar difícil.

Praia dos Padres

Seguindo em direção sul, chegamos a última pérola que visitamos em Guarapari. A Praia dos Padres é pequena e uma das mais bonitas da região. Porém, por ser pequena, é um pouco mais cheia que as demais. Cheguei bem no final do dia e consegui pegá-la um pouco mais vazia.

O QUE FAZER A NOITE EM GUARAPARI

O point a noite em Guarapari é caminhar ou andar de bicicleta na orla da Praia do Morro. Além de uma delícia, por aqui existe uma gama de restaurantes muito grande. Se estiver com crianças, aproveite o passeio do Trenzinho da Alegria, que parte da frente do Hotel Radium, a partir das 17 horas.

ONDE COMER

Se for almoçar na praia, opte por Setiba, Namorados, Castanheiras, Areia Preta ou Praia do Morro. Os dois lugares que eu comi que mais recomendo são: Marracini Informal e o Ledz Burger.

Marracini Informal está localizado entre a Praia das Castanheiras e a Praia da Areia Preta. Possui uma belíssima visão da orla, além de uma comida muito saborosa. Já o Ledz Burger está localizado em frente ao calçadão da Praia do Morro. A especialidade da casa são os hambúrgueres gourmet, que além de saborosos possuem preços incrivelmente baratos. O Ighor e eu pagamos para dois o que normalmente pagamos por pessoa aqui em São Paulo. Foi uma surpresa obviamente muito bem vinda.

 

Compartilhe com seus amigos.

Fazer um blog de viagem era um sonho antigo, que finalmente consegui realizar. Adoro escrever, falar de viagem e ajudar as pessoas a encontrar a próxima rota incrível para chamar de sua. Sou filha de fotógrafos e herdei dos meus pais a paixão por fotografia. Mas mais do que tudo, adoro viajar, conhecer novos lugares, novas culturas. Para mim viajar é terapia, é aprendizado, é realização. Tem uma frase de Santo Agostinho que me define completamente, que diz que "o mundo é um livro, e aqueles que não viajam leem somente uma página".