Início » BATE-VOLTA » Paranapiacaba – Vila inglesa próxima a São Paulo
Paranapiacaba - Relógio

Paranapiacaba – Vila inglesa próxima a São Paulo

Compartilhe com seus amigos!

Paranapiacaba é uma pequena vila pertencente ao município de Santo André, no ABC Paulista. Apesar de pertencer a Santo André, a vila está localizada um pouco depois de Rio Grande da Serra, a cerca de 60 km de São Paulo.

PARANAPIACABA

A vila surgiu em aproximadamente 1860, com o início das obras do primeiro Sistema Funicular, que ligaria o interior paulista ao litoral. Durante as obras, funcionários e comerciantes estabeleceram acampamento no local e após sua finalização, em 1867, parte deles permaneceram ali.

Atualmente a Vila de Paranapiacaba está dividida em duas partes: parte alta e parte baixa. A parte alta, que cresceu de maneira desordenada, foi habitada pelos trabalhadores e comerciantes menos favorecidos da região. Enquanto a parte baixa, que inclui Vila Velha e Vila Nova, é composta por habitações pré-fabricadas de madeira, em estilo inglês.

A disposição das moradias respeitava a hierárquica social dos trabalhadores. Casas maiores e não geminadas normalmente pertenciam as famílias inglesas. As demais eram distribuídas aos funcionários da ferrovia de acordo com suas qualificações, posição social e estado civil.

COMO CHEGAR

  • De carro

A viagem de carro dura cerca de 1 hora e 30 minutos, dependendo do trânsito. Você pode optar ir pela Avenida do Estado, rodovia dos imigrantes ou pela BR-050. Dessas, a Avenida do Estado é a que tem o caminho mais curto, porém a que costuma ter mais trânsito.

  • De ônibus

Será necessário ir de trem até Rio Grande da Serra, através da linha 10, turquesa. Da estação de Rio Grande da Serra partem ônibus da linha 424, da EMTU, que leva até Paranapiacaba.

  • Expresso turístico

Da Estação Luz parte uma locomotiva dos anos 60 que segue com destino a Paranapiacaba. O expresso turístico funciona somente aos fins de semana e costuma ser bastante concorrido. Se desejar ir pelo expresso turístico, acompanhe pelo site da CPTM a disponibilidade de datas e assentos.

PRINCIPAIS ATRATIVOS

Estação de trem e relógio

O grande relógio, fabricado pela Johnny Walker Benson, de Londres, é o principal cartão postal da cidade. Inaugurado em meados de 1898, suas badaladas regulavam os horários dos trem, além da entrada e saída dos funcionários da ferrovia. Restaurado em 2003, trata-se do único monumento poupado pelo incêndio da estação de trem.

Museu Funicular

Possui para exibição diversas máquinas que transportavam o trem através do Sistema Funicular. Além das máquinas, existem objetos de uso ferroviário, fotos e até mesmo fichas de ex-funcionários da ferrovia.

Aberto para visitação aos sábados, domingos e feriados.

Igreja Matriz

Construída em 1889, é o principal marco da Parte Alta.

Museu do Castelinho

Construída em 1897, a residência fica no alto de uma colina. Era utilizada pelo engenheiro-chefe da São Paulo Railway, de onde observava e gerenciava o tráfego de trens, o pátio de manobras, as oficinas e os trabalhadores.

Aberto para visitação mediante agendamento pelo telefone (11) 4439-0237, aos sábados, domingos e feriados, das 10 horas às 16, com sessões de 30 minutos.

Clube União Lyra Serrano

Erguido em 1936, atualmente é a sede de diversos eventos da vila.

Aberto para visitação aos sábados, domingos e feriados, das 9 horas até às 17 e possui entrada franca.

Antigo Mercado

Construído em 1899 para abrigar um empório de secos e molhados, posteriormente virou uma lanchonete. Após muitos anos fechado, foi restaurado pela prefeitura de Santo André e virou um centro multicultural.

Aberto para visitação aos sábados, domingos e feriados, das 9 horas às 17 e possui entrada franca.

Casa dos engenheiros

A construção mostra a característica da arquitetura hierarquizada de Paranapiacaba. As casas eram habitadas pelos engenheiros e suas famílias e eram todas de alto padrão, com plantas baixas e individualizadas. Atualmente uma das casas abriga o Centro de Visitantes do Parque Nacional Nascentes de Paranapiacaba.

O centro está aberto para visitação aos sábados, domingos e feriados, das 9 horas às 17 e possui entrada franca.

“Loco-Brake”

Com estado atual de conservação bem precário, o “loco-brake” tinha a função de frear a composição na descida da serra, enquanto simultaneamente puxava outra que subia.

Trilhas

Paranapiacaba é bastante famosa por suas diversas opções de trilhas, porém recomenda-se sempre ir acompanhado de grupos e guiados por alguém que já conheça a região. Existe algumas empresas que realizam expedições para diversas trilhas, sendo a melhor a Paranapiacaba Expedições.

Fazer um blog de viagem era um sonho antigo, que finalmente consegui realizar. Adoro escrever, falar de viagem e ajudar as pessoas a encontrar a próxima rota incrível para chamar de sua. Sou filha de fotógrafos e herdei dos meus pais a paixão por fotografia. Mas mais do que tudo, adoro viajar, conhecer novos lugares, novas culturas. Para mim viajar é terapia, é aprendizado, é realização. Tem uma frase de Santo Agostinho que me define completamente, que diz que "o mundo é um livro, e aqueles que não viajam leem somente uma página".